A neurociência e as tecnologias em favor dos alunos com transtornos de aprendizagem

Resumo

A partir da  questão: com a promulgação da Lei nº 13.146/2015, que instituiu o Estatuto da Pessoa com Deficiência, qual tem sido o interesse dos pesquisadores brasileiros sobre o uso das Tecnologias Digitais da Informação e da Comunicação (TDIC) como suporte nos processos de ensino e aprendizagem de alunos com transtornos de aprendizagem? Para responder essa questão foi feito um artigo com o objetivo de fazer uma revisão das pesquisas, dissertações e teses, que analisaram o uso das TDIC no processo de ensino e aprendizagem de alunos com Transtornos de aprendizagem.  Assim, foi realizada uma pesquisa de abordagem qualitativa, do tipo descritiva e, o procedimento técnico utilizado foi a pesquisa bibliográfica. Os resultados revelam que essa Lei provocou inquietude nos pesquisadores e, despertou  o interesse pelo uso das TDIC de forma assistiva, conceituadas como Tecnologias Assistivas, para prover o suporte dos alunos com transtornos de aprendizagem. Percebeu-se que a neurociência, têm sido uma aliada na sala de aula e, tem contribuído para a compreensão da não aprendizagem e, quando acontece o diálogo entre diferentes áreas como, a neurociência, a educação e as tecnologias, a educação torna-se mais inclusiva. As pesquisas também indicaram que as instituições de ensino não são inclusivas só por que recebem os alunos que possuem transtornos de aprendizagem e/ou deficiências, mas sim quando apresentam estruturas físicas, pedagógicas e corpo docente capacitado para possibilitar os processos de ensino e aprendizagem adequados, extraindo dos alunos que possuem transtornos de aprendizagem e/ou deficiências o máximo de seu potencial.

Biografia do Autor

Rafael Vicente Rosa, CEFET-MG

Mestre em Educação Tecnológica pelo Centro Federal de Minas Gerais. Possui graduação em Ciência da Computação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, graduação em Curso de Formação de Oficiais pela Academia de Polícia Militar e especialização em Tecnologias Convergentes pelo Centro Universitário UNA. Atualmente é Chefe Seção de Sistemas do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais e do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais. Membro do Grupo de pesquisa AVACEFETMG.

 

 

Publicado
2022-08-30